sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Ibovespa: mais uma queda no final, voltando ao nível dos 67k…

- A agenda de hoje estava carregada de indicadores importantes. O Relatório de Emprego dos EUA, divulgado no final da manhã, mostrou que a taxa de desemprego norte-americana recuou, surpreendendo positivamente, e menos postos de trabalho foram cortados do que o previsto; o volume de encomendas à indústria marcou um avanço de 0,6% em outubro, também acima das expectativas.
- Com isso, as bolsas da Europa, que operavam no negativo, inverteram e encerraram o dia com ganhos; nos EUA, os pregões também acompanharam o otimismo ditado pelos indicadores e fecharam positivos. O Dow Jones (veja o gráfico diário abaixo) fechou com leve alta de +0,22%; o volume, no entanto, foi fortíssimo e bem superior à média.

- O Ibovespa, apesar de um início negativo, inverteu o sinal rapidamente após a divulgação dos indicadores da economia norte-americana; no entanto, temores de uma possível alta nos juros dos EUA guiaram nova inversão, com o índice encerrando em baixa, de -1,04%, aos 67.603 pontos; o volume totalizou R$ 7,30 bilhões, superior aos pregões anteriores.

- Os osciladores iniciaram um cruzamento na direção descendente, confirmando a situação atual; as Bandas de Bollinger estão agora lateralizadas, simbolizando certa indefinição nos próximos movimentos.


- O índice futuro do IBOV sinalizava abertura negativa, o que acabou se confirmando no início do pregão, mas após a divulgação dos indicadores nos EUA houve uma disparada nas compras, elevando rapidamente as cotações para o campo positivo; nesse momento o índice se manteve acima dos 69k. Porém, a alta não se sustentou por muito tempo, ocasionando o fechamento negativo dos principais ativos.

- Apesar do desempenho positivo dos mercados externos, o IBOV descolou-se nesta sexta-feira; na verdade, surgiram motivos para mais uma realização, confirmando as duas “shooting star” deixadas nos pregões anteriores; o sinal de topo fica evidente no gráfico diário, amparado por um volume consistente; acabou retornando à congestão dos 67k.

- No gráfico semanal (veja abaixo) o IBOV está deixando uma pequena “shooting star”, que depende de confirmação, mas verifica-se que os osciladores estão em área de sobrecompra; além disso, há divergência de baixa no volume, IFR e Estocástico Lento (EL). Como já falado anteriormente, não será muito fácil o caminho até o topo histórico...

Veja abaixo o gráfico semanal do Ibovespa e diário do Dow Jones:


- Gráfico semanal Ibovespa

- Gráfico diário Dow Jones

Assine o feed deste blog ou receba todos os artigos por email.
Siga-nos no Twitter e fique por dentro das últimas análises, dicas e notícias do mercado financeiro!

4 comentários:

Anônimo disse...

Excelentes os comentários!
Parabéns!

bolsafinanceira disse...

Obrigado pela visita!
Abraço!
Alexandro

vgouveia10 advfn disse...

Caraca!!!

fiz a mesma At que vc...

Parabéns aee estamos vendo as mesmas coisas...

bolsafinanceira disse...

Fala, VGouveia!
Fazia tempo que não trocávamos informações. Apareça sempre!
Forte abraço!
Alexandro

Google Analytics Alternative