segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Rompimentos de topo: LAME4 é o que oferece melhor oportunidade...

- No dia de hoje vários ativos romperam topo recente, alguns com volume significativo. Porém, no atual nível em que se encontram, já oferecem um risco considerável ao investidor que pretende obter algum retorno no curtíssimo prazo. Acompanhei algumas análises da grafista Adriana, da Equipe Leandro & Stormer, que realizou alguns comentários, os quais faço um resumo:
- BTOW3: rompeu topo, mas se afastou demasiado da MMe21 e da cotação do pregão anterior; configuração de alta, mas exige cuidado com o stop;
- RENT3: idem ao anterior;
- LREN3: rompeu topo, mas depende de maior volume para seguir em frente;
- LAME4: é o que oferece melhor oportunidade, após romper o topo recente; teve uma breve acumulação para ganhar força; volume acima da média; não está muito distante da cotação de sexta-feira.


- Ainda vale o alerta de que muitos ativos, nestes últimos dias, apresentaram rompimentos mas tiveram realizações nos pregões seguintes; portanto, muita cautela no atual momento e o financeiro deve ser menor que o usual...

Assine o feed deste blog ou receba todos os artigos por email.
Siga-nos no Twitter e fique por dentro das últimas análises, dicas e notícias do mercado financeiro!

2 comentários:

Anônimo disse...

Fala Alexandro,
dei uma olhada em todos os gráficos e me chamou a atenção que o criterio usado pela Adriana, se no gráfico da BTOW3 ela considerou um afastamento do candle com relação a MM21, acho que tb poderia ser considerado para todos os outros ativose alem disso o candle de hj cruza a MM21, achei estranho esta análise, vc poderia dar um oalpite a respeito.
Como sempre, abs.
Ronaldo.

bolsafinanceira disse...

Tudo bem , Ronaldo?
Pois é, o que observei na análise foi o volume maior referente ao rompimento de LAME4 e a maior proximidade do fechamento desse ativo em relação ao último topo (nos 12,14); mas, realmente olhando os outros gráficos, todos estão com uma configuração parecida, e o que ela alertou foi a questão do volume, que poderia ser maior para dar mais segurança.
Abraço.

Google Analytics Alternative